Informação de Visto

IH cidade do Cabo

Disponível em:

Todas as Embaixadas e Missões Internacionas Sul-Africanas

Todo país tem o direito soberano de decidir que pode ou não pode entrar em seu território. Possuir um visto não garante a admissão automática à República. Apenas autoriza o detentor a proceder à República e reportar a um oficial de imigração em um porto de entrada para o propósito de ser examinado quanto à sua habilidade ou contrário, a cumprir os requerimentos (de entrada) da Lei.

O propósito do visto, por um lado, é o de assegurar a triagem adequada dos requerentes para que as pessoas indesejadas não sejam admitidas à República e, por outro lado, facilitar a entrada de requerentes aprovados em portos de entrada à África do Sul. Vistos fornecem aos oficiais de imigração a informação necessária para assegurar que os requerentes sejam admitidos para o propósito e período correto dentro da RSA.

Quaisquer perguntas relacionadas a vistos são reguladas pelas Missões Sul-Africanas ou a Representação Oficial do seu país ou do mais perto a você. Os vistos são decididos pela Missão Internacional Sul-Africana e precisam ser fixadas no passaporte do requerente antes de sua partida à RSA. Vistos não são emitidos na chegada em portos de entrada na África do Sul. Os Requerentes que chegam sem visto terão sua entrada recusada à RSA e colocados em voos de retorno, nos termos da legislação.

Para mais informações, selecione um dos tópicos abaixo:

Requerimentos de Visto (o que submeter)

  • O passaporte válido por não menos que 30 dias após o término da visita pretendida.
  • O passaporte precisa conter ao menos 1 (uma) página não utilizada de aval de entrada/saída (as vezes nomeadas de página de vistos).
  • Pagamento da taxa prescrita, se aplicável (veja países isentos das taxas de controle de visto).
  • Certificado de vacinação internacional, se exigido por Lei.
  • Carta ou Documento de intenções confirmando o propósito e a duração da visita.
  • Duas (2) fotos de identidade (veja especificações abaixo).
  • Evidência de capacidade financeira, em forma de:
    • extratos bancários;
    • evidência de salários;
    • comprometimento (s) do(s) host(s) na República;
    • bolsa de estudos;
    • cobertura médica;
    • ou dinheiro disponível, incluindo cartão de crédito ou cheques de viagem para cobrir os gastos de moradia durante a estadia na República;
  • Os requerentes viajando de avião precisam possuir:
    • uma passagem de retorno ou continuação da viagem; ou
    • evidência de fundos suficientes; ou
    • locação de um depósito em dinheiro do equivalente a uma passagem.

Você não precisa submeter a solicitação do visto pessoalmente. Por gentileza veja a resposta para Perguntas Frequentes para maiores informações.

Pessoas em trânsito

O período de residência na RSA será determinado a partir da data de admissão do requerente na República, de acordo com quaisquer condições que apareçam no visto. Na admissão, o visto terá validade como uma permissão de visitante. Os requerentes precisam se certificar em solicitar um visto para a duração inteira de sua intenção de permanência da visita sob o item 28 do formulário de requerimento, uma vez que renovações são sujeitas a taxas adicionais.

Os requerentes também precisam assegurar que eles optem pelo visto correto (de trânsito ou de visita) ou uma permissão de residência temporária, refletindo o propósito genuíno da visita, uma vez que mudanças no propósito de permanência somente será aprovado pela RSA por finalidades genuínas e se os requisitos da Lei forem cumpridos.

Nota:

Se o propósito da visita for relacionado a um ano sabático; atividades voluntárias ou de caridade; pesquisa; se juntar ou acompanhar o cônjuge que está em uma permissão temporária na República; atividades relacionadas a trabalho para os quais um visto não é prescrito ou visitas que durem mais de três meses, os requisitos prescritos sob o visto de visita precisam ser cumpridos.

AVISO:

Qualquer requerente permitido a entrar na África do Sul devido a qualquer informação errônea, ou declaração falsa no formulário de solicitação ou quem reside na República em infração de suas condições de visto/permissão estarão sujeitos a uma condenação e a uma multa ou prisão como um estrangeiro ilegal.

Onde solicitar um visto Sul-Africano

Obs: Solicitações alojadas em um local sem quer os acima mencionados podem ser referidas pelo oficial consular aos escritórios acima, o que implicará em um tempo de processamento maior.

Os Vistos NÃO PODEM ser solicitados nos portos de entrada da África do Sul.

Vistos médicos (vistos de visitante para tratamentos médicos de menos de três [3] meses).

Uma pessoa que deseja receber um tratamento médico na RSA precisa primeiramente solicitar um visto de visitante na Missão Sul-Africana mais próxima, se ele ou ela for sujeito ao controle de visto Sul-Africano. Estrangeiros que são isentos do controle de visto sul-africano podem entrar pelo período do qual são isentos, desde que não ultrapassem três meses.

Os estrangeiros que necessitam tratamento médico por um período que exceda três meses precisam solicitar um visto para tratamento médico.

Fotografias

Fotografias precisam cumprir as seguintes especificações:

  • duas fotos coloridas idênticas para passaporte
  • duas fotos coloridas ou preto e branco idênticas para identificação
  • tiradas há não mais de um (1) mês
  • 33mm de largura e 45mm de largura
  • uma fotografia de perto da sua cabeça e topo dos seus ombros, para que seu rosto cubra 70-80% da foto.
  • de alta qualidade sem marcas de tinta ou dobras e sem danos
  • olhar diretamente para a câmera
  • ter brilho e contraste apropriados
  • impresso em papel para foto de alta qualidade
  • mostrar sua cor natural
  • mostrar seus olhos abertos e claramente visíveis – sem cabelo no seu rosto
  • Olhar de frente para a câmera, sem olhar por cima do ombro (estilo retrato) ou inclinado
  • mostrar ambos os cantos do seu rosto claramente
  • tiradas com um fundo cinza claro ou creme
  • tiradas com luz uniforme e não mostrar sombras ou reflexos do flash no seu rosto e sem olho vermelho
  • Mostrar sozinho (sem o assento da cadeira, brinquedos ou pessoas visíveis)

O Diretor Geral pode recusar as cópias das fotografias se, em seu julgamento, elas não cumprirem os requisitos acima mencionados, ou se ele as julgar inadequadas em outros quesitos, no qual caso a pessoa interessada deverá fornecer duas novas cópias a seu próprio custo.